Notícias

Número de beneficiados no programa que dá desconto na conta de luz sobe para 64 mil

4 de junho de 2019

A informação foi repassada a deputados federais em audiência pública no Congresso

O número de beneficiados pela Tarifa Social de Energia Elétrica em Rondônia subiu de 41.620 em dezembro do ano passado para 64.548 em maio deste ano. Isso significa que mais de 23 mil clientes passaram a receber desconto de até 65% no valor da tarifa. O incremento é resultado de ações da Ceron, como divulgação em feiras e palestras em Centros de Referência em Assistência Social, para buscar possíveis beneficiários em todo o estado. A notícia foi dada a parlamentares da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, em Brasília, pelo diretor-presidente da Ceron, André Theobald.

Atendendo convite da Comissão, o dirigente compareceu à reunião para, segundo ele, reforçar o compromisso da empresa com a transparência. André detalhou os investimentos que já estão sendo feitos para melhorar a rede de abastecimento de energia do estado num total de R$ 471 milhões em 2019. “Serão R$ 186,2 milhões na construção de novas subestações e modernização/automação de outras já existentes e R$ 176 milhões para eliminar os sistemas isolados, beneficiando 70 mil clientes que hoje dependem de 13 usinas térmicas”, afirmou. Outros R$ 108 milhões serão aplicados no programa de universalização ‘Luz para todos’ e no combate ao furto de energia.

Segundo o presidente da Ceron, 28% da energia destinada aos consumidores de energia são desviados ou furtados e o combate ao crime é um compromisso moral e contratual da empresa. “Afinal, todos pagamos pela energia furtada – clientes, empresa, governo e a sociedade em geral. Quando conseguirmos reduzir o furto de energia, a tarifa também terá redução”, calcula Theobald. O presidente da Ceron disse ainda que a empresa cedeu ao Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) uma mesa de aferição de medidores que permite ao cliente acompanhar a perícia feita pelos técnicos em equipamentos suspeitos. Antes, essa perícia era realizada em Minas Gerais.

A audiência teve ainda a participação do secretário de Energia Elétrica do Ministério das Minas e Energia, Ricardo Cyrino, do dirigente do sindicato dos Urbanitários do Setor Elétrico, Inácio Azevedo da Silva e do superintendente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Cláudio Carvalho. Em sua apresentação, Cláudio trouxe um comparativo das tarifas dos estados do Norte do país. Segundo o levantamento, o valor médio da conta de luz na região é de R$ 648, enquanto em Rondônia o valor é de R$ 581. “No ranking nacional, Rondônia ocupa a 22ª posição em termos de valor”, afirmou.


Veja também:

Energisa negociará débitos de clientes na sede do Procon na quinta e sexta-feira18 de setembro de 2019Para facilitar o acesso dos clientes à campanha especial de parcelamento, a (...)
Sete municípios recebem obras para melhoria da rede de distribuição de energia elétrica9 de setembro de 2019A Ceron, empresa do grupo Energisa, está com um cronograma intenso de obras em (...)
Parceria com a UNESCO contrata coordenador para atuar com jovens em Rondônia e Acre3 de setembro de 2019O projeto Educação Livre, uma parceria da Unesco com a Fiero e Ceron/Energisa, (...)
Porto Velho e três municípios recebem obras para melhoria da rede de distribuição de energia elétrica2 de setembro de 2019A Ceron, empresa do grupo Energisa, está com um cronograma intenso de obras em (...)