Já são mais de 611 mil sistemas solares fotovoltaicos instalados em residências, comércios, indústrias, áreas rurais e prédios públicos brasileiros, segundo levantamento da Absolar

As placas de energia solar fotovoltaicas instaladas em telhados, fachadas de residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos brasileiros já geram 7 GW de potência, segundo mapeamento da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica). Essa potência equivale à metade da geração de energia da usina hidrelétrica da Itaipu, localizada em Foz do Iguaçu (PR).

Segundo o levantamento da Absolar existem mais de 611 mil sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede elétrica brasileira, em mais de 765 mil unidades consumidoras. Somente neste ano os brasileiros investiram R$ 35,6 bilhões.

Atualmente a tecnologia está presente em 5.369 municípios, com destaque para Minas Gerais, que gera 1.304 MW, São Paulo, com 888 MW, e Rio Grande do Sul, 849 MW.

O presidente da associação, Ronaldo Koloszuk, projeta que este ano a geração de energia solar crescerá 100% no Brasil e destaca a existência de linhas de financiamento que ajudam a investir na tecnologia que ainda é cara, mas tem retorno rápido e é uma das mais sustentáveis a disposição.