Inovação é a base do Projeto Ilumina Pantanal, que foi indicado para um dos mais importantes prêmios de inovação do mundo

Desenvolvido pela Energisa, em parceria com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e o Governo do Mato Grosso do Sul, o Ilumina Pantanal tem como objetivo levar energia elétrica limpa para mais de cinco mil pessoas que vivem em áreas remotas na região do Pantanal até o ano que vem. A companhia e o governo federal investem mais de R$ 134 milhões no projeto.

Após mais de cinco anos de pesquisa a solução encontrada foi um kit de energia solar, composto por quatro placas e bateria de lítio. Ele atende a duas premissas básicas: oferece tecnologia que não agride o bioma e é composto por materiais com volume e peso baixo, por questões logísticas. 

Este kit é instalado nas casas da região, junto com tomadas e lâmpadas em LED, e pode alimentar também uma televisão e uma geladeira. A bateria armazena energia e pode atender às necessidades da residência por até dois dias sem captação, devido a chuvas ou tempo nublado. Cada kit custa R$ 64 mil e é bancado pelo Programa Luz Para Todos, do governo federal.

Reconhecimento internacional 

O Projeto Ilumina Pantanal foi indicado a um dos mais importantes prêmios de inovação em geração de energia solar do mundo, o Solar & Storage Live Awards 2021, concedido pela Solar Energy UK, organização britânica sem fins lucrativos que representa a cadeia de energia solar, com mais de 230 associados.

Para o diretor-presidente da Energisa Mato Grosso do Sul, Marcelo Vinhaes, a indicação do Ilumina Pantanal ao Solar & Storage Live Awards 2021 reforça o orgulho que o grupo tem do estado. 

“É o nosso Pantanal sendo destaque internacional com a Energisa levando essa iniciativa para um dos maiores encontros em energia renovável do mundo. Seguiremos investindo continuamente em inovação e sustentabilidade. Temos a convicção de que criamos uma solução pioneira e robusta que vai contribuir, de forma significativa, para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e para o desenvolvimento sustentável deste que é considerado um Patrimônio Natural da Humanidade”, declara.

O Ilumina Pantanal concorre com outras duas iniciativas na categoria International Solar and/or Storage Project of the Year, ou Projeto Internacional do Ano Solar e/ou de Armazenamento, na tradução para português. A solenidade de premiação será entre os dias 23 e 25 de novembro em Birminghan, na Inglaterra.