600 painéis fotovoltaicos garantirão fornecimento de energia por 24 horas na comunidade que fica quase na fronteira com o Peru

A Vila Restauração, comunidade remota localizada a 70 quilômetros do centro do município de Marechal Thaumaturgo, no Acre, está recebendo 600 painéis fotovoltaicos e baterias em um projeto em parceria entre a Energisa e a Alsol, que garantirá o fornecimento de energia elétrica 24 horas por dia aos moradores.

A iniciativa animou a população, acostumada a pouco mais de 3 horas de energia elétrica por dia, gerada por um equipamento a diesel, altamente poluente e caro. “Na cidade a gente sabe que se paga a energia depois do uso. Aqui a gente precisa pagar antes de usar”, disse Pedro Nascimento, morador da Vila Restauração.

Em um dos lugares mais remotos do Brasil, cercado pela Floresta Amazônica e com cerca de 750 habitantes, os habitantes da Vila Restauração sofrem com dificuldades para coisas básicas, como o armazenamento de alimentos. Maria Valcélia contou que já perdeu comida por causa da impossibilidade de guarda-los em geladeiras. Com a iniciativa da Energisa, passou a planejar, inclusive, empreender.

“Meu sonho é montar um restaurante”, revelou a moradora. “Eu nasci para fazer comida. Com energia, tudo vai ser mais fácil”.

“Graças a este projeto os moradores da comunidade terão melhor qualidade de vida, podendo armazenar seus alimentos e medicamentos, investir em negócios, além de terem acesso a informação e entretenimento”, disse o CEO do grupo Energisa, Ricardo Botelho. “Nossa missão não é apenas prestar um serviço, mas transformar vidas e permitir a realização de sonhos”, completou.