Com investimento, o objetivo da empresa é garantir um melhor atendimento para todos os consumidores de uma das principais cidades do estado

A Energisa finalizou as etapas para ampliar a capacidade de distribuição de energia para Rondonópolis, no sul de Mato Grosso. O investimento é de R$ 10 milhões e o objetivo da empresa é tornar a rede ainda mais estável, garantindo a capacidade de crescimento da região e melhorando a qualidade do fornecimento de energia.

De acordo com o gerente de operações da empresa, Thiago Martins, o município tem hoje quatro subestações e foi feita a ampliação de potência na principal delas, que atende ao centro da cidade e outros bairros como: Vila Birigui, Lasalle, Jardim Gramado, Vila Mariana, Jardim Nossa Senhora da Gloria, Jardim Riviera, Jardim Tropical, Residencial Buritis, Residencial João de Barro, Residencial Nova Era, Jardim Liberdade e Vila Rica, aumentando em 60% a capacidade de fornecimento. “É uma evolução técnica muito importante e interessante. Estamos tornando a subestação mais robusta para suportar o crescimento da demanda de energia de forma planejada e estável. Com isso, as cidades da região poderão receber novos empreendimentos e indústrias”, explicou Thiago.    

Rondonópolis tem hoje cerca de 240 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE. Desse total, a maior parte está na região central. A cidade tem a segunda maior economia do estado. As subestações são responsáveis pelo início da distribuição da energia e funcionam como pontos de entrega de energia para os consumidores. Além da ampliação de capacidade na subestação centro, houve melhorias em infraestrutura de distribuição com a implantação de 03 novos alimentadores, que possibilitam uma divisão das cargas, maior capacidade e flexibilidade de atendimento, que irão beneficiar os bairros Vila Birigui, Lasalle, Jardim Gramado, Vila Mariana, Jardim Nossa Senhora da Gloria, Jardim Riviera, Jardim Tropical, Residencial Buritis, Residencial João de Barro, Residencial Nova Era, Jardim Liberdade e Vila Rica, entre outros. A expansão viabiliza inclusive o desenvolvimento do agronegócio nesta importante região produtora.

Todas essas importantes obras fazem parte do plano de investimentos da Energisa para este ano em Mato Grosso, que pretende investir até dezembro mais de meio bilhão de reais no estado.  “A empresa continua sendo um agente de desenvolvimento econômico e social nas regiões que atua, mesmo num momento de pandemia. Essa obra é de extrema importância para todos os nossos clientes, incluindo indústrias, comércio e poder público”, acrescenta o diretor-presidente da Energisa, Riberto Barbanera.