Reportagem conta sobre o investimento do Grupo Energisa para instalar painéis fotovoltaicos para gerar energia à comunidade no Acre

O projeto da Energisa que levou energia, limpa, a cerca de 200 famílias da Vila Restauração, uma das comunidades mais remotas do Brasil, foi destaque na edição de domingo da Folha de São Paulo. A reportagem, de quase página inteira, contou um pouco do projeto e conversou com moradores, que passaram, desde setembro, a ter energia elétrica 24 horas por dia.

Além de falar do investimento de R$ 20 milhões para instalar os 580 painéis fotovoltaicos, baterias de lítio e dois geradores para atender à comunidade em emergências, o texto publicado na edição impressa e no site da Folha destaca a epopeia que foi enviar os equipamentos via transporte rodoviário e fluvial à Vila Restauração, só acessível após oito horas de viagem de barco a partir do município de Marechal Thaumaturgo. E ressalta os outros projetos da Energisa na comunidade, como a substituição de geladeiras e lâmpadas por equivalentes de menor consumo, para já orientar os habitantes da comunidade da importância do uso consciente da energia.

O presidente do Grupo Energisa, Ricardo Botelho, e o diretor presidente da Energisa Acre, José Adriano Mendes da Silva, foram entrevistados pelo repórter. Silva ainda falou sobre os projetos de descarbonização da Amazônia promovido pela Energisa, que prevê o desligamento de 19 usinas termelétricas em Rondônia, no Pará e no Acre.

Leia a reportagem completa no site da Folha de São Paulo.

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2021/10/usina-solar-leva-energia-limpa-a-comunidade-isolada-na-amazonia.shtml