Segundo o Top Open Corps 2021, a empresa está entre as três mais engajadas no setor elétrico, o que confirma a sua estratégia inovadora

A Energisa é a Top 3 entre as empresas do setor elétrico mais engajadas em inovação aberta. O resultado do ranking Top Open Corps 2021, divulgado em agosto, é mais um dos reconhecimentos das iniciativas do grupo para ser cada vez mais inovadora.

O ranking foi lançado em 2016 e conta com a participação de 150 mil profissionais que trabalham na área e fazem parte do Open Innovation Week. Essa comunidade monitora a evolução da prática da inovação aberta e premia empresas e startups líderes em inovação no país. Hoje, participam da avaliação na plataforma 18.300 startups e 3.600 corporações.

“O 100 Open Startups é construído a partir de critérios objetivos, com a proposta de reconhecer e premiar as corporações líderes em inovação aberta com startups, além das startups mais atraentes para o mercado corporativo”, conclui Bruno Rondani, CEO da plataforma.

O setor elétrico, segundo o Ranking Top Open Corps 2021, é um dos que movimentam a inovação aberta no país. Em 2020, as empresas estabeleceram 258 relacionamentos de negócios com 146 startups. Com isso, foram responsáveis por gerar diretamente R$ 93 milhões em transações.

Este é o segundo ano consecutivo que a Energisa é classificada entre as 100 empresas com as melhores práticas de inovação aberta no Brasil. Lucas Pinz, diretor de Estratégia, Inovação e Novos Negócios do Grupo Energisa, explica que o objetivo dos investimentos é tornar a energia um bem universal e acessível para todos.

“Como uma das empresas mais inovadoras do setor, criamos demandas e apresentamos soluções que facilitam o dia a dia dos nossos clientes para que a energia elétrica, algo tão essencial, seja ainda mais acessível. Trabalhamos com autonomia e liberdade para impulsionar o desenvolvimento do mercado, sempre em busca de novas ideias”, diz Pinz.

A estratégia de negócio do grupo está baseada na energia 4D (descarbonizada, digitalizada, descentralizada e diversificada) para antecipar o futuro e oferecer soluções inovadoras aos clientes. Como reafirma o diretor da Energisa, a transição energética é uma tendência que estará no centro da agenda setorial que será viabilizada pela tecnologia e que também será uma demanda da sociedade a partir de agora.

Estímulo a projetos

Hoje, a Energisa conta com uma série de ações para promover soluções inovadoras por meio da participação de startups e com o estímulo a ideias de funcionários. A implementação do programa Lá & Cá na empresa durante a pandemia da covid-19 – um sistema de trabalho híbrido onde os colaboradores trabalham 15 dias de forma remota e 15 dias presencialmente na empresa – é um desses exemplos. Foram feitos investimentos para que o modelo garantisse a alta performance dos colaboradores.

Outros prêmios

Apesar das dificuldades enfrentadas desde o início da pandemia, o Grupo Energisa tem conquistado diferentes reconhecimentos. Entre eles, o GPTW e o LinkedIn Top Companies.

Também em agosto, foi anunciado em cerimônia virtual que as distribuidoras da Energisa venceram oito categorias do Prêmio Abradee versão 2021, concedido pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica.